Quais as diferenças entre calibração e aferição Inmetro?

Calibração e aferição são dois conceitos que costumam causar muita confusão. Ambos foram utilizados no passado pelo Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro), mas, mesmo tendo ficado o termo aferição fora de uso, no chão de fabrica o entendimento de que são complementares.

A calibração é um conjunto de testes que deve ser realizado por uma empresa especializada, credenciada e certificada pelo Inmetro, e que deve ser aplicado a todos os instrumentos que interfiram diretamente na qualidade de um produto.

Já a aferição, se tratava de uma verificação realizada no instrumento  que poderia ou não ser calibrado, dependendo da precariedade do equipamento.

Conheça mais diferenças entre calibração e aferição

A calibração, por sua vez, precisa, obrigatoriamente, responder a alguns critérios e testes, por exemplo, precisam utilizar padrões rastreáveis pela RBC ou ser feita diretamente em laboratórios acreditados pelo Inmetro,  habilitados à realização de serviços de calibração.

A termo aferição foi removido da VIM e não apontam na ISO 17025, tanto o serviço de calibração com ajuste ou somente o comparativo, recebem o mesmo nome de calibração, tendo então, a Calibração com Ajuste ou Calibração sem ajuste.

O Inmetro disponibiliza a orientação para serviços de calibração em laboratórios metrológicos e que abrange as divisões de metrologias acústica e de vibrações, elétrica, em dinâmica de fluidos, mecânica; óptica, térmica e química.

A calibração também deve cumprir outros requisitos relacionados ao prazo de validade; ao certificado de confiança; à identificação, codificação e controle de cada equipamento calibrado; ao plano de calibração da empresa e ao treinamento dos colaboradores responsáveis pelas calibrações.

Benefícios da calibração e aferição

Manter os instrumentos calibrados, trazem diversos benefícios a seus processos de industrialização, usuários e consumidores finais. Como estão de acordo com as normas técnicas estabelecidas pelos órgãos competentes, não há risco de multas e demais sansões, faz com que os equipamentos tenham vida útil mais longa, manutenção mais fácil e menos dispendiosa, garante que os padrões de qualidade da empresa sejam alcançados e oferecem mais segurança a seus operadores, reduzindo o risco de acidentes de trabalho. Mais segurança para os funcionários e menos despesas com indenizações e afastamentos.

Outro benefício é a medição correta: o consumidor leva o que compra e o fornecedor entrega o que foi comprado.

Com a calibração os riscos de erro são minimizados, sejam eles conscientes ou não.

É sempre bom lembrar que os erros de medição podem ser considerados fraude pela fiscalização e também prejudicam a imagem da empresa no mercado.

Quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato conosco e veja como podemos ajudá-lo.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Fale conosco via Whatsapp!
Powered by