6 problemas gerados pela falta de manutenção de equipamentos industriais

Essencial para manter a qualidade e o bom funcionamento de todos os processos, a falta de manutenção de equipamentos industriais pode evitar sérios problemas à produção. O perfeito estado de funcionamento de todas as máquinas e ferramentas colabora para a sustentabilidade da empresa, evita despesas com troca de peças e interrupções na linha de fabricação.

Apesar disso, muitos gestores ainda não compreenderam que a prevenção é a melhor forma de evitar custos desnecessários e atrasos com imprevistos. Veja como evitar 6 problemas gerados pela falta de manutenção de equipamentos industriais e melhorar cada vez mais a imagem da sua empresa frente a fornecedores e consumidores finais.

manutenção de equipamentos industriais

1 – Falta de manutenção de equipamentos industriais gera redução da vida útil

É praticamente impossível saber quando uma peça está desgastada se não houver um processo periódico de manutenção de equipamentos industriais. É através dela que problemas são diagnosticados precocemente, evitando que não apenas a peça, mas toda a máquina precise ser trocada.

Com isso, a troca do parque acaba ocorrendo em um tempo menor que o previsto, uma vez que a vida útil é reduzida, comprometendo todo o equipamento. É o caso, por exemplo, da troca do óleo lubrificante, que precisa ocorrer em intervalos regulares e pre-determinados de acordo com vários fatores.

Estes, por sua vez, precisam ser checados através da manutenção de equipamentos industriais, que analisa o estado d ecada peça em relação ao seu tempo de uso, e determina as ações mais assertivas a serem tomadas.

2 – Falta de manutenção de equipamentos industriais se reflete na qualidade do produto final

A qualidade do produto final é totalmente influenciada pela manutenção de equipamentos industriais. Quando ela não é feita regularmente, há erros de produção, o que faz com que o produto não corresponda à expectativa.

Além do desperdício de material por erros no processamento, a necessidade de produção de nova demanda causa atrasos e aumenta o custo de produção, reduzindo a margem de lucro.

 

manutenção de equipamentos industriais

3 – Redução da competitividade no mercado de trabalho

Erros de produção, atraso na entrega da demanda e baixa qualidade do produto acarretam em redução da competitividade da empresa. Ela passa a ter sua imagem manchada, perde ou não consegue ganhar selos de qualidade e sofre também com a falta de credibilidade por parte do consumidor e dos próprios fornecedores, que podem migrar para a concorrência.

4 – Falta de manutenção de equipamentos industriais gera falta de segurança no trabalho

Máquinas e equipamentos mal calibrados e com peças gastas podem ocasionar sérios acidentes de trabalho, colocando em risco a integridade dos colaboradores e do próprio patrimônio corporativo.

Os problemas gerados pela falta de manutenção de equipamentos industriais podem variar de descargas elétricas a explosões de caldeiras, reações alérgicas e liberação de peças soltas, por exemplo.

Além do risco físico ao patrimônio, problemas de saúde dos funcionários ocasionados pela falta de manutenção de equipamentos industriais podem gerar gastos excessivos e desnecessários com processos trabalhistas, indenizações e substituição de colaboradores afastados por motivo de doenças ocupacionais, por exemplo.

 

manutenção de equipamentos industriais

5 – Sobrecarga de trabalho

Cada vez que uma máquina para por causa da falta de manutenção de equipamentos industriais outras devem assumir a sua produção para que os pedidos sejam entregues como acordados.

Isso acaba gerando sobrecarga de trabalho tanto nos próprios equipamentos como nos funcionários, acarretando em pagamento de horas extras, contratação temporária para  turnos adicionais, e/ou aluguel de equipamentos de reposição. Além disso, a sobrecarga de trabalho também pode acarretar em maior desgaste nas máquinas.

6 – Manutenção de equipamentos industriais mal feita gera aumento de custos

O gestor que acha que está economizando ao deixar de fazer ou fazendo a manutenção de equipamentos industriais fora da periodicidade devida ainda não comparou os gastos que tem com o que poderia ser reduzido.

Toda a queda da qualidade, o desperdício de matéria-prima por conta de máquinas mal reguladas, os custos com indenizações e substituições de funcionários, com processos trabalhistas, desgaste excessivo de peças, substituição de equipamentos inteiros e períodos ociosos por conta de máquinas paradas geram prejuízos financeiros imensos.

Além disso, essas falhas no processo produtivo prejudicam a imagem da empresa, que deixa de agregar valor aos seus serviços e/ou produtos e perde credibilidade no mercado.

 

manutenção de equipamentos industriais

Em vez de colocar o futuro em risco por conta de uma falsa noção de economia, o gestor deve começar o quanto antes a planejar a manutenção de equipamentos industriais. Assim ele estará garantindo o melhor custo-benefício para a sua empresa e agregando diferenciais aos seu negócio.

E você, como tem feito seu planejamento? Conte para a gente a sua experiência!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Fale conosco via Whatsapp!
Powered by